quarta-feira, agosto 10, 2011

Hoje apeteceu-me partilhar isto:

Quando se cresce com a força do pulso, este torna-se seguro, e a força transforma-se em alegria. Ninguém cresce só, por isso temos dois pulsos, e a alegria multiplica-se em cada olhar que se cruza com o nosso. O caminho, mesmo o desconhecido, é desejado e é o primeiro passo que marca a vontade. Mesmo que os pés estejam fatigados e a força a perder-se há sempre um sorriso para reacender a chama e um amigo a quem podemos dizer uma só e simples palavra: Obrigado.

Tenho debaixo dos meus pés um longo caminho a percorrer e dentro de mim um sorriso sempre disposto a mostrar-se, mas o que me dá a força que tanto preciso, não são estes dois pulsos, fracos, mas sim cada pessoa que faz o caminho ao meu lado.

O meu grato agradecimento a todos!

Paulo Afonso Ramos

(10 de Agosto de 2011)

3 comentários:

Maria disse...

Abraço-te...

antonio ganhão disse...

Que esse caminho desliza debaixo dos teus pés e te conduza à felicidade que desejas.

Manuela Fonseca Amaral disse...

Sempre ao teu lado e a precisar dessa tua força e amizade.
Beijinho e o meu abraço.