sexta-feira, novembro 09, 2007

Quero-te...

Estejas onde estiveres, nesse mundo fantasia, quero-te nas profundezas do amor e nas intimidades do acto consumado, para que saibas que a paixão é um mero caminho para a consolidação dos corpos extasiados pela magna noção da épica condição do Ser.
Quero-te… despida de preconceitos na magia do luar que abrilhanta a nossa condição de dois amantes da vertente lunática do mundo que gira em movimentos iguais, e nós, em gestos ritmados fugimos a esse mundo em viagens lunares como dois… elementos da terra prometida. Procuramos, em segredo, construir o nosso próprio…paraíso.
Quero-te… sedenta de palavras, as que embalo para oferecer-te como uma flor ou como um castelo para que possas viver nesse mundo principesco das maratonas da fantasia.
Ainda que o tempo, esse marasmo que se apodera das nossas horas perdidas nos afaste dos nossos desejos, nos invada com barreiras reais que a vida nos faz nascer, ainda que os atropelos possam protelar a nossa conquista feita de persistência, ainda assim, quero-te… enquanto souber que poderás existir escondida num corpo qualquer, enquanto sentir que também me queres, Musa vestida de amor, despida pela carícia cor do sol, serás o meu luar das minhas noites de solidão, enquanto o nosso caminho não se cruzar na utopia do segredo em sequencias mágicas que adornam o nosso querer.
Quero-te … Musa vestida de poetisa nesse corpo de mulher!

8 comentários:

Maria disse...

Excelente prosa, Paulo...
Venho de ler David Mourão-Ferreira e dou de caras com esta prosa poética.... a noite promete...

Beijo

T u r t l e M o o n disse...

Quero-te… sedenta de palavras, as que embalo para oferecer-te como uma flor ou como um castelo para que possas viver nesse mundo principesco das maratonas da fantasia.
(.Musa vestida de amor, despida pela carícia cor do sol, serás o meu luar das minhas noites de solidão, enquanto o nosso caminho não se cruzar na utopia do segredo em sequencias mágicas que adornam o nosso querer.
Quero-te … Musa vestida de poetisa nesse corpo de mulher!
LINDÍSSIMO!!!

Vanda Paz disse...

Nem tenho palavras...

Beijo

Anónimo disse...

Lindo... Nem sei o k dizer mais!
Teresa Crespo

carla granja disse...

UM LINDO POEMA,COM PALAVRAS INTENSAS K ENTRAM DENTRO DO CORAÇÃO :) AMEI...
QUERO-TE :) TMB TE QUERO A FAZER UMA VISITA EM MEU BLOG
BJO
CARLA GRANJA

Manuela Fonseca disse...

Superas-te, meu amigo!

Está linda esta prosa poética!

Beijinhos*
Manuela

Vera disse...

Paulo, li, reli e estou para aqui sem saber que te dizer...
Lindo, lindo, lindo!!!

Beijo

Anónimo disse...

E eu também te quero... assim, vestido apenas de poeta!

B
e
i
j o