quinta-feira, outubro 04, 2007

Escrevo-te...

Escrevo-te,
a palavra sorriso
descrevo-te,
os lábios carnudos
e os dentes que espreitam…
Escrevo-te,
a palavra riso
descrevo-te,
uns lábios carnudos
e uns dentes corajosos
que se mostram escancarados
Escrevo-te
a palavra alegria
descrevo-te
uns olhos brilhantes
num rosto jovial
onde sobressaem…
as palavras sorriso,
riso…
Escrevo-te,
a palavra mundo
descrevo-te…

3 comentários:

Vera disse...

Belíssimo poema, como não poderia deixar de ser, vindo de um poeta como tu!

Beijo

impulsos disse...

Não sei para quem escreves
Mas na minha mente
Surgiu um rosto...
E que beleza contém esse rosto!
E que alegria transborda dessa alma!
E que sorriso lindo lhe enfeita o ser!
Nem ela sabe...

Beijo

Rosa Maria Anselmo disse...

Ola Paulinho
Bela descriçao.. que sorriso esse!!!!
jinhos
Rosa

adiciou o teu blo no meu.... pode????