terça-feira, setembro 16, 2008

Adeus

Molhei os pés nessa onda
que rebentou no meu olhar
e o pôr-do-sol sorriu
num aceno de despedida.

A brisa saudou-me
num brinde de nostalgia
e o mar inquieto
murmurou o secreto desejo.

Na passagem do testemunho
despedi-me do rosto (que partiu)
fiquei com as lágrimas
e a solidão da noite.

Amanhã voltarei…

6 comentários:

Marta Vasil disse...

Algo triste... mas lindo!

Amanhã voltarei...
renovando ondas no olhar
com rebentos de alegria
pintados em cartas de marear.

Abraço

MV

Vera disse...

Amanhã voltarei... também!

Beijinhos

Vera disse...

Amanhã voltarei... também!

Beijinhos

nas asas de um anjo disse...

adorei,está belíssimo!!!e como eu amo o mar, aqui ficou um belíssimo testemunho poético...obrigd p isso.

Mel de Carvalho disse...

mínimos instantes será um sucesso justo e merecido.

Abraço da Mel

Pedra Filosofal disse...

Um adeus com cheiro a um até já, com o regresso prometido para amanhã...
Volta.. que eu também.