quinta-feira, setembro 04, 2008

Existo!

I

Existo!


Vivo pela vida
por o amor
pela fantasia.

Vivo com emoção
com a dor
entre muitas alegrias.

Vivo enquanto puder
porque quero aprender!


II

Não Existo!


Na caminhada da morte
branda e mordaz
que veste a loucura.

Na guerra do poder
moribundo do meu querer
e apagado do sonho.

Não existo no inferno
não existo por existir…


III

Existência!


Recheio o meu mundo
de pedaços de emoção
de momentos de alegria.

Quero poder escrever
os meus sonhos acontecidos
os meus desejos por alcançar.

Fazem-me acreditar na existência
fazem-me esquecer qualquer perda.

2 comentários:

Marta Vasil disse...

... não existo por existir..."
A melhor mensagem que hoje li.

Existir por existir mata os sonhos e corrói por dentro.

Abraço

MV

Bruxinhachellot disse...

Existência, ser ou não ser, viver ou morrer, temas conflitantes que chacoalham nossas mentes e perturbam nossos sentimentos. Linda poesia.

Beijos de sol.