quarta-feira, setembro 10, 2008

Omnipresente

Na neblina matinal
acordo o corpo
do que resta de mim.

A mente
viu a noite afastar-se.

2 comentários:

Veruska :) disse...

E a alma está em todo o lado... Omnipresente!

Beijoca

Pedra Filosofal disse...

pequeno... mas Grande.