segunda-feira, setembro 22, 2008

Lançamento do Livro “Mínimos Instantes”


O autor e a edium editores têm o prazer de o convidar a estar presente na sessão de lançamento deste livro a ter lugar no Auditório da Câmara Municipal da Amadora, dia 27 de Setembro, pelas 15 horas. A apresentação da obra e autor estará a cargo do poeta Xavier Zarco. No decorrer do evento serão declamados poemas do livro por Dionísio Dinis e interpretados trechos musicais por Sandra Rodrigues.

Se puder, não falte.

8 comentários:

nas asas de um anjo disse...

não vou poder ir mas desejo a maior sorte.espero q faças uma mini-reportagem para pores aqui no teu blog!bj

minifarol disse...

parabéns pela escrita! parabéns pela alma que colocas em cada palavra, em cada vírgula. Parabéns pela sensibilidade. Tomei conhecimento do blog através de uma pessoa por quem estou a "morrer aos poucos" e também eu tenho necessidade de escrever. o meu blog ainda está em estado embrionário, mas também há-de ser assim: com alma.
Parabéns, uma vez mais e admiro muito os comentários da Pedra Filosofal!

Rita Carrapato e Fatima Sarnadas disse...

Eu e a Fátima esperamos não nos enganarmos no caminho para chegarmos a horas de não perdermos um minuto desse momento.

Um abraço
Rita

mundo azul disse...

PARABÉNS pelo livro!

Desejo que seja um grande sucesso!!!


Beijos de luz...

Vera disse...

Não faltarei! Lá estarei sorridente a apludir-te e sei que vai ser um sucesso, como tanto mereces!

Beijo e até sábado

Fatima disse...

Mesmo longe irei estar presente...Um grande sorriso para ti, acredito que vai ser um dia muito especial e marcante para ti, para todos nós.

Bjo

Fátima

Vera disse...

Paulo, obrigada pelos belos momentos que me proporcionaste.
Foi uma honra e um orgulho estar contigo neste mínimo instante, partilhar da tua alegria e saber-te meu amigo. As palavras nunca serão suficientes para te agradecer tudo o que me fizeste sentir hoje.
Adorei ver o teu sorriso, a tua coragem e até a tua fragilidade. Estiveste muito bem, foste um herói! Adorei ver os sorrisos e os olhares de todos que te rodeavam, e sentir que todos te amam tanto! Muito merecido, porque não basta escrever bem, é preciso dar muito mais do que palavras bonitas aos outros. Hoje tenho a certeza absoluta quando te digo: Vais longe Paulo!
Obrigada por tudo!

Mil beijos

Sandra Fonseca disse...

Que o dia tenha sido brilhante, à altura do seu merecimento.
Parabéns poeta!
Beijo.