terça-feira, setembro 04, 2007

Dança


Desnudei
o peito faminto
conquistei nova vontade de sorrir
e deixei-me cair nesse soalho brilhante…
Bamboleei o corpo
em movimentos esguios
e perfeitos!
Imaginei…
Escrevi…
Interpretei…
a coreografia do sentimento
numa dança envolvente.

A melodia acústica
e melosa
deixou vaguear o meu desejo
alojando-me
no mundo do poder
e eu amei…

Desnudei
as personagens do meu Ser
que tantas vestes albergavam
e fiquei só…

Desnudado dancei!

3 comentários:

Maria disse...

A dança desnuda-nos, quantas vezes....
... outras precisamos desnudar-nos para podermos dançar....
Gostei!

Beijo

Vera disse...

Uma dança magnífica com o dom de nos desnudar!

És genial amigo!

Beijo

impulsos disse...

Visualisei
O teu escrito
Por inteiro
Vi-te dançar
Rodopiar
De peito nu
E sorrindo
Sorrindo...

Desnudado
Das personagens
Do teu ser
Leve
Solto
Nu...

E sabes que mais?
Gostei!

Um beijinho