domingo, agosto 05, 2007

Sorriso da Vida



Um sorriso, espontâneo
É tudo que tenho para dar
Acto, simultâneo
Espero encontrar

Alegria, de ser feliz
Num caminho cruzado
O segredo, a raiz
É ser de todo amado

Acompanha-me a naturalidade
Com que na vida estou
Propenso a solidariedade
No sorriso que dou

Nunca pensei em receber
Nem depois de dar
Importante é perceber
O próximo, que vou encontrar.

4 comentários:

Cida disse...

Sorrisos... Calor, aconchego, solidariedade, abrindo caminhos para a amizade. Um lindo belo domingo!
Abraços

Manuela Fonseca disse...

Um sorriso sempre encontrado no rosto de quem espera por nós na felicidade, na alegria, no amor e na paz de sermos quem somos...

Gosto tanto de te ler!

Beijinhos da amiga
Manuela*

impulsos disse...

O sorriso é a coisa mais bonita que se pode oferecer a alguém!

O teu poema... belo, como sempre.

Beijo

Rosa Maria Anselmo disse...

Vim visitar o seu lugar de poesia e gostei muito. Fui brindada logo por um sorriso! Gentil.
jinhos
Rosamaria