sábado, fevereiro 09, 2008

Não Sei...


Foto - Lost in reflection
De: Josephine Chervinska


Não Sei…

Sabes que não sei
porque desabrocham estas lágrimas de solidão,
sabes que nem nunca pensei sequer
porque amo esta infinidade
feita de desejo e prenhe d’emoção?

Isolo-me das mágoas, do silêncio inédito,
que esconde o mistério dito
e abraça a lenda do meu sofrer,
neste receio maior de te perder.

Não sei sequer do destino frutuoso
nem o meu estado
- talvez de carente amistoso -,
não sei…
da minha alma,
não sei…
do meu passado a sentir…
e não sabendo …
me sinta assim amado!

2 comentários:

Pedra Filosofal disse...

Sabes que não sei... é que não sei mesmo o que te dizer porque transmites uma dúvida tão grande com este poema.. mas tão grande que não sei que te diga para te poder ajudar a resolver.

Vera disse...

Também eu nada sei... Mas sinto!
Gostei muito deste poema, mas também eu não tenho resposta do porquê das lágrimas de solidão.

Beijo poeta