segunda-feira, julho 28, 2008

Amor Sóbrio


(Foto de: Charo Diez)


Tenho lágrimas! Posso ser um iletrado e não saber expor as palavras no seu esplendor, mas, ainda assim, tenho sentimentos que não controlo e que despertam as sensações emergentes de pura adrenalina e paixão. Sim, por vezes acabam em lágrimas, cobertas com um silêncio aterrador, mas o meu sentimento é real e não conseguir exportá-lo para o poder das palavras é iníquo. Sou um perdedor, porque não sei fugir das sensações ou porque não sei iludir as razões. Sou assim, um conjunto de lágrimas à procura das palavras para te dizer o que sinto e do que sou capaz, e, enquanto não encontro cada palavra para cada sentido, perco-me nas manifestações ousadas de mim num sofrimento mútuo. Ousado seria não sentir e não escrever!
Quero transportar a vontade de viver e, nesse laço de energia, quero contagiar-te para que vivas cada momento de forma única, sentida, sem palavras e sem lágrimas. Afinal, para que brote o que temos cá dentro, não precisaremos delas… basta-me um olhar acompanhado de um sorriso e serei o menino traquina mais feliz do Universo dos sentidos. Basta-me!
Tenho lágrimas. Espero que o tempo me possa ajudar e me dê algum alento. Não sei como escrever porque sei apenas sentir. Não sei como dizer-te porque é um todo que está dentro de mim. Ainda assim, nestas lágrimas lavo o rosto e revigoro-me, fazendo nascer um sorriso, só meu, que escondo timidamente mas que também pode ser teu… assim o queiras!

4 comentários:

laura gil disse...

"Não sei como escrever porque sei apenas sentir".
Tu sentes, escreves, e embrulhas o leitor nesses teus sentimentos…

Adorei!!!

Beijos
Laura

Marta Vasil disse...

Ainda bem que não teve a ousadia de não escrever e de não sentir.
Perderíamos a oportunidade de receber esse sorriso que sendo só seu, passou a ser meu e de todos.
Obrigada por este lindo corredor de palavras e de emoções.

MV

lua-mor disse...

Não sei como dizer-te que tens uma alma tão sensível para partilhares connosco, pedaços de emoções tão fortes...Parabéns

Pedra Filosofal disse...

um olhar, ou um sorriso... que mais pode desejar quem ama? ou quem é amado. quantas vezes é nesse olhar, nesse sorriso que encontramos forças para continuar.

Parabéns. Gostei muito!

PS - Já te disse hoje que gosto muito de ti?