quinta-feira, maio 22, 2008

Quero Voar!


(Foto de: Jeft Lieberman)

Estou na plenitude da natureza, da que me rodeia, e da que existe dentro de mim… Penso nos dias que perdi, em volta da ilusão, acabada em cada noite que nascia!
Permaneço nesses tempos uma eternidade, até que o destino me encontre…
Entre o verde esperança e o azul criativo, entre as lágrimas e os sorrisos, espero o meu momento… Ainda quero ser ave para voar!

5 comentários:

Vera disse...

E serás a ave mais bela e mais feliz! E voarás alto, tão alto que roçarás ao de leve a lua!

Um beijo grande

Anónimo disse...

O verde esperança e o azul criativo apegam-se nos sonhos e nos voos de quem quer ser ave para voar. Quando "sentimos" a Natureza, ela permite-nos estas magias.

Rita

Pedra Filosofal disse...

O destino irá encontrar-te. Voam de encontro um ao outro, no azul do céu, no verde das árvores.

Beijos

Stone

Vanda Paz disse...

Voa Paulo, voa...

Um beijo com asas

Djinn disse...

Todos desejamos voar...de um modo ou de outro...
Belo...