domingo, novembro 30, 2008

"Um momento especial"

A noite está fria. É essa a minha companhia, a escuridão da noite e o frio que a acompanha. E não estou só, porque tenho a minha alma que cuida de mim e aquece o meu sentir. Penso no caminho que tenho feito e no que tem acontecido. Das barreiras que me surpreenderam tiro as ilações que julgo correctas. Há caminhos percorridos que apareceram para reconhecer os verdadeiros amigos… Há amores escondidos á espera de serem encontrados… Há dificuldades que acontecem para nos testar ou porque precisamos de dar mais valor às nossas coisas, ou às que nos rodeiam. Não acontecem por acaso. Tudo é o que precisamos…
E a noite, que de fria tem o dote de não ser triste, é a minha amiga e conselheira. Aproxima-se do meu olhar e, baixinho, diz-me:
- Trago-te um momento especial, bem guardado, à espera que possas recebe-lo…
E eu, curioso, fico todo o tempo a pensar no que será essa surpresa. Perco-me no tempo a construir os mais diversos cenários, a desejar, e a noite foge-me do olhar mais uma vez.
São várias as noites que vejo partir assim…
Nunca me preparo para usufruir desse único momento especial e assim espanto as oportunidades que a noite tenta dar-me. Recusando-os.
Não porque não os mereça. Mas merecer não basta, é preciso abrir a porta da alma, o coração e a mente para que aconteçam.
Chego a pensar que talvez ainda não seja o tempo de os ter, e vejo assim esse mesmo tempo diluir-se na minha vida. Uma vida feita de tantos contratempos que passa por mim sem sequer perceber que, um dia, vai acabar e que, então, não haverá tempo ou oportunidades para usufruir de algo especial.
Fica-me o alerta, um momento especial, por acontecer!
Talvez na próxima noite, mesmo que fria seja, mesmo que esteja escura como a tristeza mais profunda, o meu corpo sinta o momento por acontecer e se prepare para o receber, então, só chorarei o tempo que deixei para trás sem o saber aproveitar, sem cada momento vivido, e, em especial, os que releguei como sendo sem utilidade…
E que, nessa noite, talvez a próxima, a luz da lua ilumine a minha vida e todas as noites que acontecerem, como que cada momento seja especial…
Toda a minha vida, a partir desse momento especial, terá outro sentido!

3 comentários:

Um Olhar disse...

Um post mais...envolto em segredo...em sentimento...
Num mistério partilhado...no silêncio do autor...
Adorei. Paulo

Um beijo,
Fatima

Anónimo disse...

Parabéns Paulo! Adorei esta prosa! Sabes pk? pk a senti verdadeiramente...tu entendes. um bjinho grd pra um grd amigo k tenho sp no meu coraçao. Teresa

Anónimo disse...

Tenho entrado, quase todos os dias, nesta sua "casa", passando de mansinho, para não perturbar, não me atrevendo a fazer qualquer comentário.
Gostei de "Um momento especial"... Um texto simples mas de grande sensibilidade. É preciso viver a vida intensamente, aproveitando todos os momentos, que, por vezes, nos escapam...
Que esse momento tão especial aconteça!...