sexta-feira, outubro 10, 2008

Até Sempre!

Houve alguém que tentou o suicídio algumas vezes e foi sempre salvo... um belo dia foi ao terraço de um prédio (arranha-céus) e mandou-se... arrependeu-se do seu acto nesse mesmo instante e em queda livre, antes de cair, percebeu a sua realidade mas, era tarde demais porque o corpo estava morto nesse instante...

Restou-lhe a consolação do cumprir do seu grande desejo… nesse dia foi notícia!

A vida continuou e alguém, mais alguém, acabou. O mundo não pára e não se move em nosso redor… Somos nós que nos movemos em seu redor até ao nosso último dia…

Paz à sua alma!

3 comentários:

Vera disse...

Paz à sua alma...

Um belo texto. A vida é demasiado preciosa...

Beijo

mundo azul disse...

Essa história, vem nos mostrar como não podemos abusar da sorte...


Beijos de luz e um final de semana feliz!!!

Pedra Filosofal disse...

Sabes que assisti, ao vivo, e quase de bancada a alguns suicidios? é verdade... pessoas que se tentaram matar debaixo dum comboio. Uns salvaram-se a tempo, Outros foram salvos a tempo... mas outros morreram ali, quem sabe se não se arrependeram no exacto momento em que o comboio os trucidava... Arrependimento não mata. O que mata é não pensarmos, a tempo, no que estamos a fazer