terça-feira, janeiro 13, 2009

Crónica - Aprende com as derrotas

Crónica

Aprende com as derrotas

Ainda tenho bem presente o sabor amargo de cada derrota que se intrometeu no caminho da minha vida. Ainda recordo a sua forma, a dor que veste e a ausência das soluções imediatas. Tenho, na memória, a lembrança provocada pela nítida sensação das injustiças, nem sei se das derrotas ou se da minha condição de derrotado, ou talvez de ambos, que senti aquando foram cometidas pelas várias derrotas do meu percurso. De todas absorvi um sumo que me ajudou a crescer. Ou seja, com todas aprendi.
Hoje recordo-as com o intuito de ainda aprender um pouco mais com elas, de saber, discernir os passos dados, os que provocaram as falhas, ou aqueles que se seguiram. Recordar as derrotas faz-me bem. Cria-me um medo saudável que me impede de cair no mesmo marasmo. Cria-me algum respeito, até por mim, mas essencialmente pela vida ou pelo que faço para que nela resulte, enfim, dá-me mais vitalidade.
No entanto, também não esqueço que não é fácil conseguir aprender com as derrotas, de início, pelo menos… Quando é preciso ultrapassar os receios ou as mudanças, quando é preciso saber parar e pensar… Ou até quando é necessário continuar o caminho de forma brava e ordeira. Sinto-me mais maduro. Hoje conheço outros sabores…E a vida continua!

2 comentários:

As Chamas do Fénix disse...

Bom dia...

Excelente texto... tenho nova casa se quiseres passar por lá...

http://aschamasdofenix.blogspot.com/

Uma grande chama para ti...abraço

manzas disse...

Abri meus olhos de alma ensopada
Salpicados pelo cheiro da maresia…
Na fina areia molhada o mar me acordava
Num manto de espuma branca, me dizendo… bom dia!

O abraço...