sexta-feira, abril 18, 2008

Senhor das Almas


(Foto em: http://senhordasalmas.wordpress.com/)


Subia de novo a montanha. Olhei uma primeira vez, para cima, e pareceu-me ver um rosto com um sorriso espontâneo que me esperava. Continuei o meu caminho. Próximo do meu rebanho e do meu Dick numa sintonia ritmada. Mais perto do topo da montanha olhei de novo e o rosto expressava um sorriso ainda maior!
Como nem o rebanho nem o cão manifestaram qualquer sinal de diferença não dei importância. Mas a energia, a força e o ânimo estavam lá…
E lá cheguei ao topo…
E lá se deu o encontro entre mim e o tal rosto sorridente. Só depois percebi que era o sorriso da alma…
Desde então revemo-nos semanalmente e a experiência tem sido reconfortante, espero que, para ambos…
Obrigado Senhor das Almas!

3 comentários:

Vera disse...

O sorriso da alma é o mais belo de sentir.

Beijo

Pedra Filosofal disse...

sem dúvida que um sorriso aquece e reconforta sempre a nossa alma.

Um sorriso para ti :-)

Ricardo e Ana disse...

É claro que não poderiamos deixar de comentar e agradecer esta linda dedicatória. O uso da foto do centro que fundámos nunca esteve tão bem inserida num contexto tão belo. O Senhor das Almas existe em todos nós e o TEU Senhor das Almas tem alma de escritor. O nosso muito abrigado dos amigos:

Ricardo e Ana Silva